quarta-feira, 9 de novembro de 2011

PIIGS - A Crise na Europa

PIIGS

PIIGS, termo criado na década de noventa é usado, principalmente pela imprensa britânica para o grupo de países Portugal, Itália, Grécia e Espanha. O termo em Inglês significa porcos e é utilizado pois na crise de 2008/2009, as economias dos quatro países foram consideradas vulneráveis, já que houve grande endividamento e déficit público do PIB nesses países.
O termo usado em Setembro de 2008 pelo jornal Financial Times causou revoltas e protestos de empresários espanhóis e do Ministro da Economia Português. O termo também já havia sido usado por jornais como: Newsweek,The Economist ou The Times.
O termo original era PIGS, porém no fim de 2008 a Irlanda foi incluída e então o termo passou a ser P (Portugal) I (Itália) I (Irlanda) G (Grécia) S (Espanha) (PIIGS).Mais recentemente, também a Reino Unido foi incluído no termo, que, por isso, ganhou mais um G, transformando-se em PIIGGS.
Como a lista de economias com problemas não parou de crescer, um novo termo foi criado pela imprensa anglo-saxônica -STUPIDs - de modo a incluir Espanha, Turquia, Grã-Bretanha, Portugal, Irlanda e Dubai.
O rombo nas contas públicas dos países do PIIGS ultrapassam muito os índices recomendados pela União Européia em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) desses países.
O problema dos PIIGS começou com a crise de 2008, e até hoje continuam se agravando cada vez mais.

- 17 de outubro de 2011 - A dívida dos países Grécia, Itália, Espanha, Portugal, Bélgica e Irlanda, detida pelos bancos da região européia somava cerca de 845 bilhões de euros no final de 2010, segundo dados apurados nos balanços dos bancos e disponíveis do Financial Times, OCDE e na The Banker.

-Um país dos PIIGS ganhou destaque recentemente com suas dívidas, a Grécia, que por irresponsabilidades fiscais, governamentais, dos bancos e especulativas gastou mais do que seu orçamento permitia, aliando-se ao desemprego no país causado pela crise de 2008. Essa dívida atingiu o marco histórico da Grécia, superando 300 milhões de euros e cresce cada vez mais, porém, o país tem a ajuda de governos e planos de outros países

-Atualmente, a crise do PIIGS já afeta a União Européia como um todo, não de maneira determinante, mais esse contexto levou alguns países mais estruturados economicamente, como Inglaterra, e Alemanha a procurar alternativas de ajuda econômica aos países do PIIGS.




Cetisa Ensino Médio
Matéria: Geografia
Grupo: Bruno Bittencourt, Filipe Floriani, Lucas A. Haake, Nickolas Stabellini

Referencias:
http://pt.wikipedia.org/wiki/PIIGS
http://www.tudosobreconcursos.com/a-crise-do-piigs

Nenhum comentário:

Postar um comentário